sexta-feira, junho 17, 2005

A vida,..... e a semana

Olá Pessoas,

Estou aqui em plena sexta à tarde sem saber o que fazer. Só ouvindo música, vendo as fotos do FICA, sapiando na Internet, no Orkut, ou seja, uma tarde pra lá de útil. Então pensei em blogar algumas coisinhas. Se bem que não tenho muito assunto. Sei lá, esta semana foi meio tranqüila. Me animei com os posts do FICA, muita gente se manifestando e tal. Espero que os comentários continuem, ehehehehehe....

A semana foi marcada pelas comemorações de aniversário da Erikita. Na quarta a noite fomos todos ao Celson Bar, na Rua 15, abaixo da avenida D, em frente à clínica Prado. Tão vendo?? Não é que decorei o lugar?? Mas depois de tudo que aconteceu eu acho difícil voltarmos lá. Mas esse assunto vou deixar pro final.

O pessoal demorou um pouco para chegar, mas até que foi bastante gente. Eu paguei numa taça de vinho o preço de uma garrafa. Massss..... tava bom. Foi muito legal. Todos estávamos bastante animados. Conheci o irmão da Érika, o Murilo, que por sinal é muito legal. Ficamos conversando, Scavazzini, ele e eu sobre futebol. Ficamos sabendo do episódio do jogo do Palmeiras, muito massa!!

No final a conta ficou enorme, e o grupo de “quase” jornalistas(ou seria de direito) lembrou que é proibido cobrar os 10%. Ehehehehehehe.... O mais engraçado de tudo foi o puta nó que os garçons deram por causa disso. Mas nós também tínhamos argumentos bons, porque além de ser lei, a gente tinha sentado ao lado do lixo, o que nem de longe fica sendo um bom ambiente. Mas enfim, no final a gente levantou e foi embora do mesmo jeito. Mesmo com aquele bando de gente discutindo e olhando feio para nós. Foi muito engraçado.

Na quinta matei aula da Silvana e fiquei com uma vontade mórbida de matar italiano tb. Mas como eu já tinha matado na terça, resolvi ir. Já to pensando a dureza que vão ser estas últimas semanas de aula, sem tempo para nada e com pilhas de trabalhos para fazer.

Na parte das crises existenciais estive ok. Conseguindo levar a vida, graças a DEUS. Mas ainda pensando muito na vida. Cada tempo que tenho livre penso muito. Tem algumas coisas que me incomodam já algum tempo. Relativas a mim, a minha forma de agir. Às vezes penso que deveria ser mais ousado, me arriscar mais. Ter mais coragem. Penso nas oportunidades que eu perco por ter medo da derrota, de não ser aceito, enfim.....

Mas acho que já evolui bastante, principalmente nestes últimos meses, e a tendência é melhorar cada vez mais. A verdade é que pau que nasce torto nunca se endireita, eu já fui 1000000 de vezes mais tímido e com menos coragem do que sou hoje. No ginásio e no primário eu era demais. Depois fui melhorando. Hoje já estou em um nível, vamos dizer, aceitável. É que às vezes a timidez junta com o complexo de inferioridade e daí fica foda de fazer qualquer coisa. Quem for desde jeito vai se identificar com o que estou dizendo, tenho certeza.

Tem uma frase que ilustra muito bem isso: “O medo de perder tira a vontade de ganhar”. Mas pensamento positivo, espero chegar no final do ano sabendo que pelo menos tentei fazer tudo aquilo que queria. E vou chegar lá, ehehehehehe.....

Mais fotos do FICA. As quatro primeiras cortesia de Erika Lettry



Erikita e io.



Nós no cartaz do FICA.



Galera no Coreto.



Ana, Hebert, Erika e Eu. Até que enfim saí com uma cara diferente, ehehehehe.....



Por do Sol na Santa Bárbara.

é isso, até mais se DEUS quiser.....

5 comentários:

Erikita disse...

Antes de comentar meu lindo aniversário, lembrei de uma frase legal. Me disseram que é do Machado de Assis: "Antes cair das nuvens que de um terceiro andar". Sempre me lembro dela quando estou com medo da derrota...Bem, mas sobre meu niver...Nossa, foi lindo demais. O dia mais feliz da minha vida (sei que digo isso sempre, mas é verdade..rs). Me senti a criatura mais querida da face da terra, todo mundo lembrou (verdade que o orkut ajudou...rs), ganhei bolinho da família e no estágio, ganhei presentes lindos, foi um monte de gente lá no bar...Minha crise existencial até foi embora depois dessa! Foi lindo, lindo, lindo! Ah! Obrigadão por tudo, pelo carinho, por ter ido no bar, por fazer o social com meu irmão por mim...rs. Ele é gente boa, né? Então é só. Beijitos!!!

Rafael Carneiro Rocha disse...

E aí, Eduardo... Quando alguém se identifica com o que uma pessoa escreve, das duas uma: ou a pessoa falou de você, ou a pessoa se revelou um verdadeiro escritor para você. E, como nós temos a certeza absoluta de que você não tava nem pensando em mim quando escreveu essas palavras, eu te digo com segurança: seu texto é de ESCRITOR!

Fellipe Fernandes disse...

Dua, meu amigo, complexo de inferioridade?? pra que? olha, não é para você ficar convencido, mas tenho uma baita admiração pelo jeito com que você leva as coisas, os problemas, as alegrias... não é preciso complexo de inferioridade, não. Sabe por que? porque você é muito melhor que uma cambada de nós todos juntos! É sério! Quanto à timidez, todos temos um pouco dela, mas sabe o que é que devemos fazer quando ela aparece? nada, pois nem devemos dar moral a ela! isso é coisa nossa, ela não existe! então o que devemos fazer é viver cada momento do jeito que queremos que seja, sem nos sentirmos menos ou acuados. Faça o que tiver vontade. Se um bando de gente te reprovar, lembre-se que do seu lado estarei batendo palmas e te imitando, pois vcoê também é um exemplo de amizade e de vivência pra mim. Te adoro amigão. Abração procê.

Thiago disse...

Seja bem vindo ao clube dos que não voltarão ao Celson...

Terrível o atendimento, tudo caro, etc etc...

Vamos à cachaçaria beber uma caipirinha de 600 ml e esquecer isso, hahahaha

maria cristina disse...

Ih, larga de timidez e auto-estima baixa, rs, eu só consegui ser feliz qdo as tirei da minha vida!!!! Viu Du!!!! bjão!!!

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme