segunda-feira, agosto 22, 2005

"Eu não estava bêbado!!" (Sobre a festança do Fellipe)

Olá Pessoas,

Ontem não consegui atualizar meu blog. Mesmo porque o jogo do Goiás X Corinthians monopolizou metade do meu dia, e na outra metade eu fiquei descansando, pois estava moído. Tudo isso por causa de uma tal festa de sábado. Mas, na verdade, valeu muito a canseira. Foi muito divertido!!

Hoje eu vou sair um pouco da minha característica descritiva. Quem foi a festa sabe como foi, quem não foi eu só lamento. Então já que esse blog é sobre as minhas angústias, ehehehehehe, devo fazer algumas considerações e não narrar o evento como se fosse um jogo de futebol.

Não pensei que seria tão divertida. É claro que o álcool ajudou, e acabei levando a sério uma coisa que o Hebert me falou uma noite antes: “Vamos encher a cara!!”, ehehehehehe!! Eu sabia que ele não iria fazer, e na verdade nem eu, mas eu queria me soltar um pouco. E, querendo ou não, um vinhozinho é bom para esta prática.

Agora para quem não foi na festa, deixa eu explicar: eu não fiquei bêbado!! Ahahahaha!! Mesmo que a oposição fale o contrário. É que eu estou em um processo de eliminação da minha timidez. E por isso eu estava mais alegre do que de costume. E também meu momento era de extravasar. Não sei porque, tava com vontade disso. Minha vida atualmente ta tão linear, tão previsível, que estava(e ainda estou) querendo jogar tudo para o alto. Acho que além de tudo é síndrome de final de curso. Alguém quer ir a boate??

Mas voltando a festa, o vídeo-okê foi muito legal, mas eu me diverti mesmo foi cantando no som profissional do pai da Erika, junto com meu amigo Fernando Prado. E com isso acabei descobrindo que mesmo bebendo eu continuo tímido. Que vergonha na hora que eu estava na frente de todo mundo!! Eu não conseguia olhar para a frente!! Sério mesmo!! Fiquei olhando mais para a cara do Fernando!! Até para a ala da nossa turma eu estava com vergonha, não conseguindo olhar. Mas notei uma diferença. Eu meu estado normal eu nunca teria coragem de fazer isso. No meu estado “feliz” eu, mesmo com vergonha, acabei pagando o mico.

Final de festa é sempre a parte mais cômica, não é mesmo?? O pessoal cantado “Chico Mineiro”, “sem calça”, foi o mais engraçado. E no final todos eles saindo abraçados, totalmente bêbados cantando, realmente foi de rolar de rir. Principalmente porque eles não conseguiram abrir o portão e ficaram em sua frente cantando, até a Érika ir ajudá-los. E ainda tive a surpresa de ninguém conhecer a segunda parte de “Sábado de Sol”. Para mim era tão popular, vou encontrar na net e mostrar a todos que não era loucura minha.

Pra terminar, mas uma vez parabéns ao meu grande AMIGO Felipe Fernandes, e também congratulo ele e a Erika pela festança de sábado. Olha que no prêmio “Melhores do Ano”, que vou publicar aqui no final do ano, este evento já surge com ótimas chances na categoria “Melhor Festa”. Muito divertido e acertou em cheio no meu estado de espírito.

Abraço a todos, té mais se DEUS quiser,

3 comentários:

Fellipe Fernandes disse...

Fico feliz que você tenha gostado da festa, Dua! Principalmente pelo fato de que eu fui o maior beneficiado com a felicidade de todos, não é mesmo? Pois é, foi para isto mesmo que fiz: para que meus amigos bebessem, comesse, cantassem, dançassem, enfim... tudo o que se deve fazer, mas não fazemos porque algumas coisas nos impedem. Mais do que comemorar o meu aniversário, a festa foi para tê-los ao meu lado, ao lado de minha família, para que vocês nunca se esqueçam do quanto vocês todos são importantes para mim. Agora, quanto ao "pioranza"... você estava pra lá de Bagdá, sim! E pensava que era o Sadam Hussein! Liga não, sô! você pagou mico, mas se divertiu. Como todos nós... Abraço.

maria cristina disse...

Duuu... não tenho muito a declarar, mas vc estava ótimo, rsrsrs, liga não, ser feliz é o que importa!! Bjão!

Hebert Regis disse...

Até que vc tava cantando bem Eduardo. eheehehehe... Tava muito engraçado. Abraços.

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme