domingo, setembro 02, 2007

A torcida do Goiás protesta. Por quê?

Intervalo do jogo Goiás X Figueirense, uns 20 torcedores esmeraldinos vão até o alambrado que divide as cadeiras da tribuna de honra do Goiás E.C., onde fica toda a diretoria, e faz um desabafo contra a precariedade da equipe. O protesto contou, inclusive, com faixas escritas “Diretoria Amadora” e “Queremos 1 título descente”. Naquele momento, o time verde e branco vencia o Figueirense por 1 a 0 e não jogava mal. Tudo indicava mais um triunfo esmeraldino no Serra Dourada. A vitória – que se confirmou no final do jogo – coloca o time na oitava posição, um posto que se não é o tão sonhado dos torcedores, também não é vergonhoso. A equipe está na segunda fase da Copa Sulamericana, eliminou o Cruzeiro, segundo melhor time do Brasil no momento. Então, qual é o motivo de tanta insatisfação por parte dos torcedores?

A torcida do Goiás não está contente porque, apesar dos resultados não serem ruins, acredita que o clube está dispersando ótimas chances de se firmar no futebol nacional. Nunca o Campeonato Brasileiro esteve com um nível técnico tão baixo. Tanto que, com um time limitado, o Goiás consegue se manter entre os dez primeiros da competição. Ou seja, com um pouqinho mais de esforço da diretoria seria possível disputar o título Brasileiro (ou da Copa Sulamericana). E enquanto o Goiás não tiver uma conquista deste nível, não vai entrar no seleto grupo dos grandes do Brasil.

Crise
A crise financeira da máquina estadual tira o sono de todos os segmentos econômicos de Goiás.

Sem Força
É que um Estado tão paternalista como o nosso e sem grande influência do capital privado sofre quando o governo não pode injetar seus milhões para bancar os inúmeros projetos que dependem exclusivamente de recursos estatais.

Imprensa em Baixa
Um exemplo é a imprensa. Com cortes profundos nas verbas de publicidade o setor sofre uma grande crise, sem data para acabar.

Setembro
Quando Agosto se vai já é sinal que o ano está no fim. Setembro é o primeiro da seqüência dos meses que terminam em “bro”, o que mostra o início de uma contagem regressiva.

Obaaaaa!!
Depois de dois meses inteiros sem um único feriado, começa um novo fluxo de vagabundagem, digo, descanso. Esta semana tem o feriado de 7 de setembro, na sexta-feira.

E mais.....
Outubro tem mais dois feriados. Dia 12 (Nossa Senhora Aparecida), também na sexta, e 24, Aniversário de Goiânia, que vai dar em uma quarta.

Parabéns!!
Falando no aniversário da nossa capital, o prefeito Iris Rezende (PMDB) já promete um pool de inaugurações para comemorar a data. Mais informações na edição desta semana da Tribuna do Planalto.

Impresso
Quem se interessar eu peço para olhar na edição impressa, já que no site não tem o infográfico que eu ralei a semana inteira para fazer e representa 90% das informações da matéria.

Atlético e Vila
Os dois rivais goianienses estão no mesmo grupo na terceira fase da Série C, juntamente com Villa Nova de Nova Lima-MG e Esportivo de Bento Gonçalves-RS.

Melhor assim
Ponto positivo para os goianos, que jogarão quatro, das seis partidas, em Goiânia.

Mais uma vez....
O basquete masculino do Brasil decepcionou e perdeu a primeira chance de chegar às Olimpíadas 2008.

Menos, muito menos!!
O resultado foi um recado para um monte de comentaristas que colocavam o time, antes do início do Pré-olímpico, como uma das equipes a brigar por medalhas em Pequim.

9 comentários:

Mary disse...

Oi Du!!! Vi no blog da Erika que vc atualizou o seu!!! Q boooommm!!!! Um dia eu chego lá hahahaha,mas acho q vou ter q criar outro blog, pq nao consigo mais acessar o meu, snif... Tô adorando o novo modelo!!! Fica fácil de ler, kkkkk (preguiçooosa) hehehehe
Escreve mais e mais e mais!

bjão

PS: A seleção de basquete é brincadeira né deu até falta de paciência de assistir! Um bando de jogador sem raça.. ah, deixa pra lá!!

Filemon disse...

Eduardo, o caminho pra elite é um pouco mais complicado. Bahia, Guarani, Atlético-PR têm títulos nacionais e não são elite.
Os protestos, não entendo de Goiás E.C, mas um palpite, deve ser pela pequena sequência de derrotas fora de Goiânia.

Abraço!

Obs: o blog tá legal, inclusive com a propaganda do seu material no Jornal. hehehe

Fellipe Fernandes disse...

ow, velho, não esquece de mim e do nosso trato não, hein?
falous.

Hebert Regis disse...

Eduardo, já passou pela sua cabeça que a equipe do Goiás ajuda a diminuir o nível técnico do campeonato brasileiro? E que todas as outras torcidas, inclusive as que estão na zona de rebaixamento, pensam o mesmo que os esmeraldinos? A torcida do Goiás reclama porque começa a ver a série B cada vez mais próxima. A sorte é que tem uns timecos como o JUventude, Figueirense, América de Natal e Flamengo. Falow. Continue escrevendo no blog. Abraços.

Renato disse...

Ufa!! Até que enfim arrumei um lugar pra falar de basquete... meu blog, já era... o melk não é mais colunista da folha... e o thiago aristides não fez o blog do pré-olimpico este ano...hehehe

Primeiro: Acho que é preciso questionar os atletas: que geração é esta de que todos tanto se gabam? Temos jogadores na europa, na NBA e que, na hora da decisão, erram lances livres, não conseguem uma infiltraçãozinha sequer, se desesperam facilmente, não vibram e não defendem nada??

Segundo; passou da hora de renovarmos o basquete brasieleiro. Por mais que isso possa ferir o "orgulho nacional", não vejo outra saída a não ser a contratação de profissionais de outros países: gostaria de ver um espanhol, ou grego, ou francês, ou sérvio à frente do nosso time e gerindo também o esporte por aqui. Poderia ser um americano também ou, quem sabe, um argentino. Alguém precisa nos ensinar a jogar o basquete moderno, de equipe. Não temos um "mão santa", que vai meter 50 pontos e resolver a parada todos os jogos.

Terceiro: Tenho minhas críticas ao trabalho do Lula dentro de quadra e também à liderança (ou falta dela) que ficou claro no pré-olímpico. Mas, pôxa, faltou respeito com o cara né... O Pré-Olímpico seria o lugar de unir forças. As críticas, e todos os desentendimentos tinham que ter sido acertados nos quatro anos que antecederam a competição. Na hora da verdade, por capricho de uns, e falta de profissionalismo, ficamos fora de novo.

Até quando?

Quarto: desculpa o texto grande..srsrsrsr

Renato disse...

ah, continua escrevendo hein, sartora!!!! abço!

Helio Sassen Paz disse...

Fala, Eduardo!

Lembras daquela tentativa de fazermos um blogring na Copa? ;)

Meu blog segue vivo. Apesar do mestrado, insisto em passar mais tempo aqui do que deveria, falando sobre o meu Grêmio e sobre futebol no mundo, buscando comentar as informações que saem na mídia brasileira com um olhar diferente e também oferecer novidades sobre clubes, técnicos, atletas, seleções e torneios que raramente são vistos por aqui.

http://blackao.wordpress.com/

Passa lá, faz teus comentários e divulga para o pessoal aí de Goiás!

[]'s,
Hélio

Rainer Gonçalves Sousa disse...

Caraca, Sartora !

Não preciso mais ler jornal!

"Aaaah, Sartorato...Você não tem jeito mesmo !!!"

Rogério disse...

e ae velho
concordo com vc q o nivel do campeonato brasileiro nao esta nada bom...e tambem o goias
atualmente nao esta "ajudando" os seus torcedores.
vlw fera
olha...depois da uma passada no meu blog
www.rogerioscavazzini.blogspot.com

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme