terça-feira, fevereiro 14, 2006

Escolhas da Vida

Me sinto estranho. É difícil explicar. Mas é duro ter que fazer escolhas na vida. Já li um dia que o ser humano tende a escolher sempre para o lugar mais estável. Pois seu instinto clama pela vidinha simples, com comida na mesa, uma casinha no subúrbio e sem nada demais. Apesar de nosso coração ter necessidade de estar sempre buscando novas aventuras, o nosso cérebro é mais conservador. Conclusão? Indefinição.

Se a vida me ensinou alguma coisa nestes quase 24 anos é que devemos refletir bem e tomar uma decisão, seja ela qual for. E daí seguir com o plano, mesmo que você vá perder algumas coisas. Perder certas coisas, mas ganhar outras. Na vida a gente nunca ganha algo sem perder nada. Muito pelo contrário. As principais conquistas são frutos de conceções feitas. É duro ter que fazer este tipo de coisa. Mas se você não abrir mão de sua estabilidade, provavelmente não vai conseguir grandes conquistas.

Agora se você me perguntar o porquê dessa filosofia toda, eu também não vou saber te responder. Eu não estou estável e nem tenho uma grande porta aberta, no momento, para decidir "entrar", ou não. Mas eu tenho certeza que haverá algumas mudanças na minha vida a partir do mês que vem. E sinto que será necessário que eu tome decissões.

Sabe quando vc não sente o chão? Parece que a qualquer momento pode cair? É isso que eu sinto. E isso é ruim. Sempre sonhei por uma vida agitada e sem rotina. Agora meu cérebro parece pedir a boa e velha linearidade. Não sei mais o que pensar. Bom, que DEUS possa me proteger, e a todos que estão nesta situação!!

grande abraço!!

5 comentários:

maria cristina disse...

Bem vindo ao clube Du!!! Sei exatamente o que vc sente.. e quando aparecer a tal porta, aí sim que vc naum vai achar o chão!!! Tdo é fase, aproveite ela tb. E vc disse uma coisa mto certa, "Na vida a gente nunca ganha algo sem perder nada." É duro mas é assim!!! Bjão!
PS: mudei a idade no meu blog ta, hahahaha

Did disse...

Então que Deus nos proteja a todos mesmo!
Sempre estamos incertos, ou a procura da incerteza, e eh justamente a estabilidade que causa isso. Eh bom? Ainda tenho duvidas!
Bjao
Did

ana carol disse...

Eu quero uma casa ano campo. Que bom se apenas isso pudesse nos fazer felizes.

Fellipe Fernandes disse...

Estou com a sensação de chão perdido tb! Mas é uma conjunção de fatores... espero que isso passe logo... Ô barra pesada essa, viu? abraço, Dua!

Lorena Verli disse...

Sentir-se sem chão e sem direção são coiss comuns na vida. O ser humano busca sim a estabilidade, Sartorato, mas quando a encontra ele entra em depressão porque a vida foi feita para nos sentirmos sem o chão, sem orientação, sempre buscando novas oportunidades. Também estou sem chão, sem direção, sem idealizações... Sigo o que a vida colocou na minha frente, que por acaso foi algo muito bom. Espero que vc supere mais essa e se lembre que momentos de instabilidade nos fazem lutar com mais força ainda para termos o que queremos.

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme