sábado, setembro 17, 2005

Desabafo

Caros leitores do meu Blog,

Sempre fui de esconder sentimentos. Mas de um tempo para cá eu venho tentando mudar isso. Então achei por bem explicitar o dia de hoje no meu blog. Desta vez curto e grosso, como poucas vezes fui. Então como diz um colega meu, precisava desabar e escolhi meu Blog para isso, ehehehe!!

A reunião de hoje de formatura foi péssima. Cheguei atrasado, peguei o bonde andando, tantos enroscos para tão pouca coisa. Votei errado. Não fui escolhido para nada(queria tanto fazer a outorga, mas pelo menos dois grandes amigos meus estarão lá e eu tenho certeza que por isso estarei junto com eles). Votação aberta para estas coisas é horrível. Quando acaba você fica com montão de dúvidas e um baita ódio bobo. A Paula Lunna que se doou para a comissão não vai participar de nada. E eu fui um dos responsáveis, pois não votei nela. Então por isso tudo, acho que deveria ter ficado em casa(Felipão, vc fez bem véi!!) Depois ainda, dei todo o meu dinheiro para pagar as fotos e ainda faltam 5 parcelas, snif!!

Mas, como eu estava conversando com meu amigo baiano hoje: a gente nessa vida deve fazer as coisas sem esperar nada de ninguém. Uma imagem que tenho na minha mente é de uma pessoa que prepara todo o espetáculo e fica com o pior lugar do teatro. Ninguém lhe dá atenção. Mas mesmo assim, no ardor das palmas ao fim da peça, ele, mesmo sozinho num canto escuro, está feliz, porque ele sabe que fez um bom trabalho.

Desculpe-me o desabafo!! Mas eu precisava!!

abraços a todos e até mais, se DEUS quiser,

12 comentários:

Erikita disse...

Espero que não ache que a votação significava a medida dos amigos que vc tem. É claro que a gente fica chateado quando não consegue o que quer, mas pense que tinha várias pessoas concorrendo, várias pessoas ficaram de fora, e nem por isso elas são menos queridas. Se fosse por amor ao amigos eu teria que me abster da votação. Deixei de votar na Lorena e no Fellipe para orador, mas isso não significa que eu goste menos deles. Estou falando isso pq fiquei com a sensação de que quem não participou está se sentindo meio que ignorado. Não tem nada a ver. Desculpe a sinceridade tb, se tiver errada me corrija. Mas vc tá certo em ser sincero, mostrar sua chateação. Embora eu não compreenda muito bem o porque disso...Beijos!!!!!!!!!!

Rafael Carneiro Rocha disse...

Pois é, Eduardo. Votação aberta é um erro. Há quem possa argumentar que entre amigos tudo deve ser dito às claras, mas o voto, como é expressão de um processo democrático meio estranho à nossa cultura calorosa, corre sério risco de tornar você, aos olhos de quem escuta sua votação, uma pessoa fria. Por mais que consideremos racionalmente que um simples voto não é uma medida de amizade, conforme a Erika disse, nossos espíritos brasileiros tendem a confundir as coisas. Eu me senti confuso ontem. Eu me recusei a votar em algumas categorias, saí da sala na escolha da outorga de grau, e numa categoria eu deixei de votar em pessoas da nossa turma, porque eu achei que seria justo ter pelo menos uma pessoa que não estivesse entre as 40 de jornal 2002 participando dos discursos. Abraço a todos!

Hebert Regis disse...

Já conversamos sobre esta votação né Eduardo. Eu fiquei tão constrangido em votar... e principalmente ser votado (quase desisti na hora). Agora, não adianta chorar pelo leite derramado. Já foi feito. Muitas pessoas mereciam representar a turma em um momento especial. Mas não há cargos suficientes para todos. Sei de muitas pessoas que ficaram magoadas, inclusive eu, em alguns momentos. Mas como bem disse a Érika, aquilo não mediu amizade, até porque outros fatores implicaram, como se a pessoa fala ou escreve bem por exemplo, para não dizer de outros mais complexos. É isto. Abraços.

Thiago disse...

Cara, até hoje eu só descobri um jeito de não ter estresse com preparativos de formatura: não participar.

E, como já tenho estresse demais na minha vida, é exatamente o que vou fazer!

Ana Carol disse...

Esse negócio de formatura dá muito trabalho e principalmente sofrimento pra quem organiza, mas felizmente uma noite perfeita de formatura é racompensadora.

Espero que hj tem ocorrido tudo bem durante as fotos!!!!

bjos

Ana Carol disse...

Esse negócio de formatura dá muito trabalho e principalmente sofrimento pra quem organiza, mas felizmente uma noite perfeita de formatura é racompensadora.

Espero que hj tem ocorrido tudo bem durante as fotos!!!!

bjos

maria cristina disse...

Sei bem como vc está se sentindo. Acredita que no dia que fizeram essa votação na minha turma, numa festinha, nem me esperaram para votar? qdo cheguei estava tdo escolhido, nem tive a chance de me candidatar, afinal, fazer outorga de grau era um sonho pra mim.. fazer o quê!? Esquenta não Du, já passou.. infelizmente!!! bjão!

Scavazzini disse...

Atrasado, como sempre, aqui estou eu.....srsrs....pra "chover no molhado"
Infelizmente, a votação foi um reflexo do que é qualquer processo "democrático" brasileiro: uma bagunça!.... barganhas, troca de favores.... não por falta de organização, mas pela falta de altruísmo de todos, de uma forma geral.
Entrei no jogo e por isso fui votado. Confesso que senti orgulho de quem não fez isso. Ainda sim espero que eu possa representar todos bem.
Pra filizar...:Como todos ja disseram, nao é essa votação que vai diminiur ou medir o apreço pelas pessoas.
Também não me senti bem.....

Fellipe Fernandes disse...

Dua, acho que faltava eu aqui no desabafo coletivo...rs. Eu sei bem do que você está falando. Eu também queria muito ser orador, mas no final das contas é até melhor que seja assim mesmo, sabe por que? por três motivos: eu fui um idiota ao pensar que ao discurar na formatura eu estaria no ápice de minha amizade com a turma. Ledo engado. Isso ocorre cada dia que passa, um novo amanhecer, novos ápices. Segundo pelo fato de ter Anapaula no lugar que pleiteei. Ela também é uma pessoa indicadíssima para o cargo. E terceiro por conta de me segurar mais um pouco no anonimato. Pode parecer arrogante ou presunçoso isso, mas não é não. Estou revendo alguns dos meus conceitos... é, meu amigo, quem não muda não evolui. Portanto, lembre-se: não é um chapeuzinho empunhado pelo reitor que vai te fazer especial para seus amigos, assim como também não é um microfone e um texto bem escrito que vai me fazer ser a melhor pessoa da Terra. Pra finalizar, eu acho que eu deveria estar presente na reunião sim, por mais que isso me doesse no final. Mas deixa pra lá. Quem vive de passado é museu e os ressentidos do Lisandro, não é mesmo? Abração.

Lorena Verli disse...

Prezado Baggins! O que eu poderia dizer sobre o assunto que já não foi dito por todos os nossos amigos acima? Eu sei o quão importante era para todos nós a escolha das pessoas que iriam representar a turma na formatura. Eu imagino o quanto você deve ter sentido, porque eu teria sentido também. E o que quer que eu diga aqui não será suficiente para diminuir ou apaziguar o que quer que você sinta em relação ao assunto. Eu espero, assim como a Erikita, que não tenha ficado qualquer ressentimento em relação à votação, que, de forma alguma, estava medido o índice ou o nível da nossa amizade. Adoro você, assim como adoro a Paula e muitos outros colegas e se pudesse colcoaria todo mundo em cima do palco para falar alguma coisa, afinal somos uma turma de Comunicação Social. Mas isso não está no meu domínio. Espero que toda a situação seja superada e que as dúvidas que você encara diante desta votação fiquem para traz. Bjão!

Lorena Verli disse...

Prezado Baggins! O que eu poderia dizer sobre o assunto que já não foi dito por todos os nossos amigos acima? Eu sei o quão importante era para todos nós a escolha das pessoas que iriam representar a turma na formatura. Eu imagino o quanto você deve ter sentido, porque eu teria sentido também. E o que quer que eu diga aqui não será suficiente para diminuir ou apaziguar o que quer que você sinta em relação ao assunto. Eu espero, assim como a Erikita, que não tenha ficado qualquer ressentimento em relação à votação, que, de forma alguma, estava medido o índice ou o nível da nossa amizade. Adoro você, assim como adoro a Paula e muitos outros colegas e se pudesse colcoaria todo mundo em cima do palco para falar alguma coisa, afinal somos uma turma de Comunicação Social. Mas isso não está no meu domínio. Espero que toda a situação seja superada e que as dúvidas que você encara diante desta votação fiquem para traz. Bjão!

Lorena Verli disse...

Prezado Baggins! O que eu poderia dizer sobre o assunto que já não foi dito por todos os nossos amigos acima? Eu sei o quão importante era para todos nós a escolha das pessoas que iriam representar a turma na formatura. Eu imagino o quanto você deve ter sentido, porque eu teria sentido também. E o que quer que eu diga aqui não será suficiente para diminuir ou apaziguar o que quer que você sinta em relação ao assunto. Eu espero, assim como a Erikita, que não tenha ficado qualquer ressentimento em relação à votação, que, de forma alguma, estava medido o índice ou o nível da nossa amizade. Adoro você, assim como adoro a Paula e muitos outros colegas e se pudesse colcoaria todo mundo em cima do palco para falar alguma coisa, afinal somos uma turma de Comunicação Social. Mas isso não está no meu domínio. Espero que toda a situação seja superada e que as dúvidas que você encara diante desta votação fiquem para traz. Bjão!

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme