sábado, abril 23, 2005

Jornalismo Canalha

Olá Pessoas,

Eu acho que este título é muito bom para o meu estado esta noite. O Jornalismo é algo que exige muito de seus profissionais, verdade essa que tenho certeza que todos os jornalistas e/ou estudantes concordam. De outro lado, pessoas que procuram esta área não conseguem viver sem o "fazer jornalístico". Mas até quando vale a pena pagar o preço de ser jornalista?

Hoje acordei, peguei o Sucrilhos, estava amargo..... (ahahahaha, essa foi em homenagem ao Renato). Agora falando sério, hoje acordei com uma vontade mórbida de não ter que ir fazer o Banquete Esportivo. Queria dormir. E pensei: "Até quando vou levar esta vida de madrugar todos os sábado?". Então, com muito custo levantei e fui. E é claro, valeu a pena como sempre. Entrevistamos o grande Lula Ferreira, treinador do COC/Ribeirão Preto e da Seleção Brasileira Masculina de Basquete. Já tínhamos entrevistado ele outras vezes, mas desta vez foi pessoalmente lá no Rio Vermelho. MUITO legal ele. É quando a gente vê que a pessoa é realmente um desportista, e não um cara com interesses pessoais.

À tarde, a mesma agonia. Estava cochilando quando o Higor Nogueira me ligou falando:"Vc não vem trabalhar não, fio?". Daí fui com o maior sacrifício. Agora a noite gostaria muito de ter saído para algum lugar, mas não aguentei. To morrendo de sono e cansaço. Sacrifício este que todos nós(jornalistas e futuros jornalistas) sabemos o que é.

A minha conclusão disso tudo é que o jornalista é um masoquista nato. Ele sofre, mas não vive sem esse sofrimento. Gosta da coisa. Mesmo tendo que sacrificar a sua vida social, ele continua e gosta daquilo que faz. Sente orgulho em fazer o seu trabalho e não vê o dia passar enquanto tem alguma pauta a cobrir. Ser jornalista tem que ter vocação. (Por favor, não quero desencorajar ninguém a seguir na profisão, principalmente uma pessoa na qual estou pensando agora)

Mudando de assunto radicalmente, ontem eu e a Erika fomos assistir um filme italiano no Lumiére. Cara, não consigo decorar o nome deste filme! Vou ter que ir no "O Popular", mais uma vez para lembrar. Me esperem aí que eu já volto....... Pronto!! "Um Coração para Sonhar", "Il Cuore Altrove".

Eu gostei muito do filme, é a história de um professor que se apaixona por uma mulher cega, só que ela é pra lá de sacana. Ela apenas o usa para conseguir seu objetivo, que é causar inveja no seu antigo namorado, que a deixou depois que ela perdeu a visão. O professor é muito parado e aceita tudo o que a mulher impoem. O filme é muito bem feito, por sinal. Valeu a pena!!

Segue uma foto do filme:



é isso gente, grande abraço a todos, e até a próxima se DEUS quiser,

10 comentários:

Lorena Verli disse...

Quer dizer que vocês vão ao cinema e nem me convidam né? Muito bonito!!!

Pessoa que você pensou disse...

Eu concordo com você. Jornalista precisa ter vocação pra isso.

maria cristina disse...

Sabe Du,, às vezes tenho vontade de ser jornalista... ontem vendo TV tive essa vontade, hehehe... mas passou logo, hahahaha... A verdade é essa, ser jornalista é sacrifício. Não é querer desanimar não, mas enqto vc acorda pelo bqt ou doutores, é ótimo, o foda qdo vc abre mão de td p trabalhar p um patrão q não t dá valor, t critica, reclama o tempo todo e acha q faz um favor de te empregar... bem vindo ao "maravilhoso submundo do jornalismo"!!!

maria cristina disse...

Ah, bem vindo ao mundo dos blogueiros, e teu nome já está entre os malukos, hehehehe bjocas Du!

renato disse...

BOm, obrigado pela homenagem, eduardo..fiquei lisongeado...ehhehehe
gostei do seu blog, num ta tao viado qto eu achei q ia estar..heheheeh
to zuando....
falow, um abraco....

Hebert disse...

É isso aí Eduardo. Vc e o Rodrigo inaugurando totalmente a era dos blogs masculinos. Mas sinto lhe informar. Isto é coisa de bambi, viadão. eheheehheheh.
Tô brincando, tô até pensando em fazer um tbém. Mas tenho medo das minhas sinceridades ou tristezas demasiadas. Mas
ser jornalista é isto mesmo. Eu quero é ser funcionário público! Entrar tarde, sair cedo, ter pouco serviço e rezar prá feriado emendar. Sinto muito, sou brasileiro e exijo férias de preferência em janeiro, emendando para o carnaval. Ahahhahah
Abraços. Seu blog ficou massa.

Helen Fernanda disse...

Eduardo, seu filho da pauta! Cadê meu blog nos favoritos?

Tudo bem que você não lê meu blog com frequência, mas linka pelo menos por coleguismo, cooperativismo, sei lá o quê.

Hoje mesmo coloco seu blog como favorito no meu blog e no blog da Érika (trabalho dobrado pra mim).

Saúde e paz!

Erikita disse...

Tenho que concordar com o Hebert. No meu caso, quanto mais eu trabalho, mais descubro que nasci pra mordomia!..hehehe. Brincadeirinha! Mas essa nossa profissão é dose...Ah! Assim que conseguir acessar meu blogger vou publicar a cartilha (cara, me identifiquei tanto...rs). Aguarde! Beijitos!

Rafael disse...

Na verdade, o que todos querem é pedir para tirar R$10,00 e sair de lá uns R$ 10 milhões... A Maria sabe como é!!!

Thiago disse...

Cara, realmente o Lula é muito gente boa... fiquei impressionado com a humilda de dele e o tratamento que ele deu pra gente lá no treino.

Mesmo eu sendo um urubu que fica olhando os jogadores dele pensando em Draft da NBA, o bicho me tratou bem... impressionante!

Abraço,
e vamos combinar um basquete nesse final de semana? Vê com o Renato!

powered by Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme